A Gaiola das Loucas

Eu assisti ao musical A Gaiola das Loucas no Teatro Bradesco, ano passado com o Bruno, muito tempo antes de nascer O Bonde Andando, mas como a peça será apresentada aqui em Jundiaí no Teatro Polytheama amanhã, acho que vale a pena escrever esse post.

Essa é uma versão brasileira do musical da Broadway, mas não se deixe enganar por ser uma versão, aliás tudo o que é traduzido e contextualizado na realidade brasileira ou de qualquer outro país é uma versão do original. É uma produção grandiosa, muito bem montada, com cenários fantásticos, atores fenomenais e excelentes dançarinos.


Não sei se vocês já assistiram ao filme A Gaiola das Loucas, mas é uma história  muito interessante sobre um casal gay dono de uma boate gay e que tem um filho prestes a se casar com uma garota cujo pais são extremamente conservadores.

Nesse  cenário, o casal gay, composto pelos incríveis Diogo Vilela e Miguel Falabella, se encontram em situações dramáticas, românticas e engraçadas para ajudar seu filho a realizar seu sonho. Nesse meio se descortinam grandes apresentações na boate onde um elenco incrível de drag queens dançam, cantam e entretêem o público!

A história é muito mais profunda do que se pode imaginar, pois no meio das cenas engraçadas aparecem problemas e dramas onde o amor e a aceitação da diversidade abrem novos horizontes.

O que quero chamar atenção aqui é que para o personagem de Diogo Vilela, pois ele encorporou uma verdadeira transformista. É de cair o queixo!

De fato é uma peça maravilhosa que vale cada centavo!

Post anterior
Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: