Irmãos – O Xingu dos Villas-Bôas

Fui nessa quarta-feira no Sesc Pompéia almoçar com a galera do trampo e me deparei com essa incrível exposição gratuita. Infelizmente não tive tempo suficiente para apreciar como deveria, mas mesmo assim, valeu muito a pena.

Todo o lugar foi montado para que você se sentisse por um momento dentro da floresta Amazônica, junto do Rio Xingú e sentisse parte da história maravilhosa dos povos indígenas. Toda a ambientação foi construída através de um cenário incrível com direito a rio, lagos e som ambiente de floresta, ao mesmo tempo que eram mostrada histórias indígenas e o trabalho de Villas-Bôas na missão de conhecer o povo indígena.

A exposição também mostrava documentários e fatos da época, bem como um helicóptero de 1946 que foi utilizado por Villas-Bôas em expedição na Amazônia.

Essa exposição conseguiu juntar com maestria tecnologia, interatividade e história de um modo mágico. Mostrou tradições que estão irraigados na nossa cultura até os dias de hoje, quebrou a barreira do preconceito e abriu espaço para uma discussão mais profunda sobre a situação dos índios atuais (usina hidrelétrica de Belo Monte).

Um fato inusitado que me chamou bastante atenção foi saber que os paulistas até a descoberta do ouro em Minas Gerais não falavam português e sim a língua indígena da região.

Enfim essa exposição me trouxe paz de espírito e conexão com a Mãe Terra em um momento que precisava.

Anúncios
Post anterior
Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: