VALENTE

A  mais nova produção do estúdio Pixar, distribuído pela Walt Disney, conseguiu me deixar boquiaberto.

Já não é de hoje que as produções do estúdio conseguem me encantar, mas confesso que desta vez, senti aquele friozinho na barriga de quando assistia aos grandes clássicos Disney como A Pequena Sereia ou A Bela Adormecida.

Não irei falar da história do filme, para que não se perca nenhuma surpresa!

O longa é extremamente belo e muito bem feito, mostrando que o estúdio consegue evoluir cada vez mais a cada ano que se passa. Os detalhes da paisagem (das árvores às construções) são épicos, dando prazer aos olhos, além dos efeitos de tecido, cabelos e pelos.

A história, muito bem estruturada, mostra como sempre a evolução dos personagens (caminho comum em contos de fadas) e o amadurecimento dos mesmos devido aos acontecimentos quase sempre trágicos.

Engraçado que como sempre, as piadas estão cada vez mais debochadas e até apimentadas. O que claro, nos faz lembrar outros filmes com um gênero parecido. Se pudesse classificar Valente, seria uma mistura de A Bela Adormecida, A Bela e a Fera, Irmão Urso, A Princesa e o Sapo e Enrolados. Ahahahaha… que loucura, né? Mas é o que eu acho.

Enfim, o filme é muito emocionante, cômico e deliciosamente divertido. Quando menos percebi, o filme estava no final e eu queria mais. Adoro quando o filme acaba e eu fico com vontade de rever várias vezes. Se pudesse comprava um ingresso para a próxima sessão.

A trilha sonora, ricamente inspirada na cultura escocesa, foi praticamente feita por Patrick Doyle, compositor escocês. Alguns de seus trabalhos são: Eragon, Harry Potter e o Cálice de Fogo, Nanny McPhee e Thor. Além dele temos a colaboração de Alex Mandel e Mumford & Sons.

Uma pequena crítica: não sei se isso se deve à dublagem brasileira (o que acho improvável) mas eu não consegui escutar pelo menos 20% das falas das personagens, isso durante diálogos e até nas músicas. Acredito que o problema esteja na sala de cinema que eu tive o desprazer de assistir ao filme. Por isso, em breve quero rever o filme em um local melhor para tirar minhas conclusões. Alguém mais teve esse problema ou eu fui sorteado com um problema no som durante a exibição?

Não posso deixar de comentar que antes do filme, somos presenteados com o curta La Luna que como sempre mostra a criatividade do estúdio em contar pequenas histórias que nos encantam e nos fazem voltar a ser crianças. Ponto positivo!

Concluindo, Valente já é um dos meus favoritos e com certeza fará parte da minha coleção de clássicos. Quem ainda não assistiu, não sabe o que está perdendo! Ah, e o filme contém piadas que os adultos vão entender bem melhor do que as crianças, ou seja, é um filme para todas as idades.

Ah, e a mensagem do filme? Bom, isso eu vou deixar para cada um descobrir, mas com certeza é uma das mais lindas que já vi. E que cabelo é este, Merida??? Meu Deus! Adorei!! Ahahahah! 🙂

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Ótimo post, parece muito bom esse filme, a Disney nunca decepciona

    Responder
    • Obrigado! Realmente, dificilmente eu fico decepcionado. Acho que a última vez foi a dublagem de Enrolados com o Luciano Hook. rs

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: